sete dias sem medo da notícia
Delegado cumpre ordem de André Costa e intima jornalista como forma de retaliação
Jornalista Donizete Arruda
Por : Redação CN7
10/02/20 10:08

O jornalista e presidente do grupo Don7, Donizete Arruda, foi intimado pelo delegado Alisson Gomes da Silva para depor na Delegacia de Repressão às Ações Criminosas Organizadas.

Oficialmente, o motivo seria a repercussão de uma matéria do Estado de S. Paulo, trazida ao Ceará por Donizete, sobre indícios de envolvimento de milicianos e membros de facções criminosos com políticos brasileiros — cearenses e de outros estados.

Confira matéria

Entenda

Primeiro, a data para que Donizete comparecesse à delegacia era dia 6 de fevereiro. Como ele estava trabalhando em Brasília, ela foi alterada para hoje (10). O governador Camilo Santana, por meio do secretário-chefe da Casa Civil, Élcio Batista, já havia determinado que a intimação fosse anulada, porque entendeu que isso feria a liberdade de expressão do jornalista.

Mesmo assim, o delegado Alisson Gomes insiste em intimar Donizete Arruda, marcando a ida do jornalista à delegacia para o dia 17. Se o governo já entendeu que a liberdade de expressão não pode ser cerceada, por que Alisson quer o depoimento de Donizete, colocando em risco a sua vida e de seus familiares?

Documento de intimação

Em tempo

O motivo não oficial para a intimação de Donizete é uma retaliação. O jornalista repercutiu a fala de Vitorya Sarah, namorada do secretário de Segurança do Ceará, André Costa, que usou o Instagram para dizer que os policiais insatisfeitos com o aumento oferecido pelo governo deveriam doar o montante para instituições de caridade.

Veja

Em tempo II

Depois de que todo Estado ficou sabendo da posição de Vitorya por meio de Donizete, o secretário ficou com raiva e pediu que algo fosse feito para calar o jornalista.

Em tempo III

Donizete, em sua fala, ponderou que Vitorya não precisava se meter em política, principalmente por não fazer parte do meio e por só querer proteger o namorado, não pensando em toda insatisfação da categoria da segurança pública.

Em tempo IV

Donizete Arruda, hoje (10) no programa de rádio Ceará News, transmitido pela Rede Plus FM, garantiu que não irá depor, porque não terá nenhuma garantia de proteção de sua vida e de seus familiares.

Em tempo V

Donizete enfatiza que se a denúncia foi feita pelo jornal Estadão, e apenas repercutida por ele, que as autoridades investiguem quem são esses políticos suspeitos de envolvimento com milicianos e integrantes de facções criminosas.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
LEIA TAMBÉM