Hidrogenio verde e o combustivel do futuro
eusebio junino

Decon multa Enel em R$ 10 milhões por falta de energia durante réveillon 2024

A empresa foi notificada nesta terça e tem até dez dias para efetuar o pagamento

(Foto: divulgação/Enel)

23/04/24 16:59

O Programa Estadual de Proteção e Defesa do Consumidor (Decon), do Ministério Público do Estado do Ceará (MPCE), multou, nesta terça-feira (23), a Enel em R$ 10 milhões pela falta de energia em localidades cearenses durante as festividades do réveillon 2024. A empresa foi notificada nesta terça e tem até dez dias para efetuar o pagamento da multa ou apresentar recurso.

Siga o canal do CN7 no WhatsApp

Segundo o Decon, moradores e visitantes das praias de Canoa Quebrada, Icaraí de Amontada, Cumbuco, Flecheiras e Águas Belas relataram que ficaram mais de 48h sem o serviço, o que resultou em prejuízos milionários para os setores do comércio e do turismo, bem como para a população, que denunciou danos em eletrodomésticos, perda de alimentos e suspensão de atividades por conta das frequentes oscilações de energia.

Além de provocar diversos transtornos aos consumidores, a descontinuidade dos serviços essenciais infringiu os artigos 6º (incisos III, IV, V e X), 14, 22, 35 e 39 (inciso VIII), todos do Código de Defesa do Consumidor.

Inscreva-se no canal do CN7 no Telegram

Na decisão, o Decon ressaltou que o serviço de energia elétrica é essencial e causa prejuízos aos consumidores quando o fornecimento é suspenso. “Os usuários do serviço de distribuição de energia elétrica não podem ser vistos apenas em termos econômicos como meros clientes, pois estes são mais do que apenas consumidores, são titulares de direitos fundamentais“, destacou o secretário-executivo do Decon, promotor de Justiça Hugo Xerez.

LINKS PATROCINADOS