Hidrogenio verde e o combustivel do futuro
eusebio junino

Dayany propõe criação de Carteira de Identificação da Pessoa com Endometriose

A CIPE é uma iniciativa da Frente Parlamentar da Endometriose

(Foto: reprodução)

29/01/24 18:08

A deputada federal, Dayany Bittencourt (União Brasil), apresentou o Projeto de Lei 6067/23, que cria a Carteira de Identificação da Pessoa com Endometriose (CIPE). A CIPE é uma iniciativa da Frente Parlamentar da Endometriose, a qual, a parlamentar cearense é presidente.

Siga o canal do CN7 no WhatsApp

O projeto tem como objetivo assegurar atenção integral e pronto atendimento às pessoas com endometriose, garantindo prioridade no acesso a serviços públicos e privados, especialmente em saúde, educação e assistência social. O PL também prevê a superação de obstáculos para tratamento adequado e acesso a recursos essenciais, bem como a facilitação da mobilidade com vagas de estacionamento reservadas.

Inscreva-se no canal do CN7 no Telegram

“Queremos garantir dignidade, respeito e inclusão para mulheres afetadas pela endometriose. Sei a dificuldade que elas passam porque tenho essa doença. Reconhecer as necessidades específicas e garantir acesso a recursos e serviços para melhorar a qualidade de vida e o enfrentamento dessa condição”, explica Dayany.

LINKS PATROCINADOS