Hidrogenio verde e o combustivel do futuro
eusebio junino

Davi Macedo não deve manter candidatura com fim do segundo turno

Coluna Rebate

27/05/24 9:38

O anúncio oficial ainda não tem data definida. Mas, a possibilidade hoje de ter segundo turno na eleição para prefeito de Juazeiro do Norte é remota. As transferências de última hora e os óbitos estão inviabilizando as eleições em dois turnos. A Justiça Eleitoral apontava, no último dia 14 maio, 199.717 títulos. Nesta segunda-feira (20), apenas seis dias depois, houve uma queda para 199.457. Uma redução expressiva de 260 eleitores a menos, deixando o segundo turno improvável. Apesar da grande expectativa no âmbito político, o objetivo do TRE-Ceará não deve ser alcançado: 70% do eleitorado dentro do número de habitantes. Sem esse índice, o segundo turno em Juazeiro do Norte ficará para 2028. E o efeito de não ter segundo turno é imediato: Davi Macedo não admite publicamente, mas hoje a sua tendência é desistir e apoiar à candidatura do ministro Camilo Santana e do governador Elmano de Freitas, o deputado estadual Fernando Santana. A disputa em Juazeiro do Norte esta polarizada. E promete muitas emoções e conflitos.

Fernando não aceita que falem em seu nome

O deputado estadual e pré-candidato a prefeito de Juazeiro do Norte, Fernando Santana (PT), reagiu às afirmações do vice-prefeito Giovanni Sampaio (PSB). Fernando estava sendo cobrado por uma declaração de Giovanni, onde afirmou que, quem não estiver com Fernando estará contra o Governo do Estado e o ministro Camilo Santana. A declaração causou um grande mal-estar na base aliada do Abolição em Juazeiro do Norte, principalmente entre os aliados do grupo liderado pelo deputado estadual Davi Macedo e o ex-prefeito Raimundo Macedo. A afirmação soou como uma ameaça e acabou motivando muitas defesas pela candidatura de Davi a qualquer custo. Fernando foi duro, ao afirmar que ninguém falava por ele e que respeitava a pré-candidatura de Davi e que manteria uma posição democrática no processo de definição da candidatura da base aliada do governo em Juazeiro. A resposta de Fernando amenizou a crise. Quem fala por Fernando é somente ele próprio.

Giovanni desagrada aos 02 lados de Juazeiro

Quem também respondeu ao vice-prefeito Giovanni Sampaio foi o prefeito Glêdson Bezerra. Indignado com as declarações, Glêdson cobrou a necessidade do confronto político que acontece em Juazeiro do Norte, ficar apenas no campo da política. Glêdson reclamou que Giovanni tem levado a disputa para o lado pessoal. O vice-prefeito tem acusado o prefeito de manter um gabinete do ódio no seu mandato. Glêdson garante que não tem controle sobre a opinião das pessoas que o cercam ou que simpatizam com o seu mandato. Defendeu a liberdade de expressão e disse que a Justiça existe para corrigir abusos, e que ele próprio tem usado esse instrumento jurídico para se defender de acusações falsas. Glêdson lembrou, ainda, que não tem gerência sobre os partidos que o apoiam, se referindo às críticas lançadas a ele, por causa da filiação de candidatos à Câmara de Juazeiro pelo PSDB.

Camilo cresce para ser candidato de Lula

Única voz que contesta a liderança do ministro Camilo no PT do Ceará, a deputada federal Luizianne Lins tem revelado, a seus mais íntimos colaboradores, que não pode descartar uma desistência do presidente Lula em 2026. Cansado e com 80 anos, Lula poderia não disputar um quarto mandato presidencial, preferindo apoiar um nome do PT. O favorito seria o ministro da Economia, Fernando Haddad. Porém, Haddad entrou em rota de colisão com o ministro da Casa Civil, Rui Costa, que foi decisivo para demitir o presidente da Petrobras, Jean Paul Prattes. Essas informações mostram que, enquanto Haddad perde espaços no Governo e deixa de ser o queridinho de Lula, o ministro Camilo, que trabalha em perfeita sintonia com o colega Rui Costa, se torna uma opção cada dia mais provável dentro do PT e dos partidos aliados a Lula. Essa leitura do crescimento do nome de Camilo como candidato ao Planalto é feita por Luizianne a contragosto, que não esconde que não aceita ser liderada pelo ministro da Educação e que fará de tudo para barrar suas pretensões de suceder o presidente Lula. Apesar da má vontade de Luizianne, Camilo é apontado hoje como o plano b de Lula, se desistir da reeleição. Ressalte-se que Haddad ainda está no jogo para ser o sucessor. O terceiro nome, Rui Costa, quer governar a Bahia novamente. E está fora do páreo.

Zé Ailton reúne base aliada para definir nome

A base aliada do Crato se reuniu, pela segunda vez em menos de 30 dias, para, segundo o prefeito Zé Ailton Brasil, manter o alinhamento através do diálogo. No encontro da sexta-feira (17), os pré-candidatos Rondinele Brasil, Pedro Lobo, Eliane Estrela, Rafael Branco e Leitão Moura voltaram a discutir os critérios para a definição dos nomes que comporão a chapa majoritária à sucessão de Zé Ailton. Mais uma vez, ficou decidido que a chapa não poderá ser pura, tirando a possibilidade de dois nomes do PT. O encontro não teve a presença do pré-candidato Márcio Bilhar (Agir), que assumiu o lugar do presidente da Câmara, Florisval Coriolano. Entretanto, Márcio Bilhar enfrenta um problema: político da base aliada do governo não reconhece a sua pré-candidatura. Alheio a essa indiferença, Márcio Bilhar mantém uma intensa agenda pelo município para se viabilizar. Márcio tem repetido que não faz parte nem da oposição, nem da situação. Quer ouvir a todos, mas se coloca como a terceira via. Ao seu lado, estão o Agir, PRTB e Avante e mais 40 pré-candidatos a vereador.

Eliana Estrela se filia ao PT para ser candidata

A secretária de Educação, Eliana Estrela, é a mais nova filiada do PT do Ceará. Após ter cumprido essa exigência legal, dentro dos prazos que impõem a Legislação Eleitoral, Eliana Estrela colocou seu nome à disposição do prefeito Zé Ailton Brasil, para ser a sua candidata a sucessão na prefeitura do Crato. Durante encontro entre os pré-candidatos da base de Zé Ailton, Eliana Estrela mostrou já estar adaptada ao mundo político. Declarou toda a sua lealdade ao ministro Camilo Santana, que a nomeou para comandar a Educação cearense no seu governo, e ressaltou o respeito e lealdade que tem também ao governador Elmano, que a manteve no cargo. Como petista, é conhecedora de como funciona o partido, ressaltou o papel que desempenha no Estado e em Brasília, na linha de frente do governo Lula, o deputado José Guimarães. Toda essa habilidade de Eliana Estrela visa ser a indicada pelo prefeito Zé Ailton. Apesar dela saber que Rondinelli Brasil é o apontado como o favorito para ser escolhido. Eliana Estrela não quer confrontar e nem duvidar do PT cratense, tanto que em um vídeo que publicou nas suas redes sociais, afirmou que está trabalhando para ser a candidata, mas é fundamental para manter o PT úmido sob a liderança de Elmano, Camilo, Guimarães e prefeito Zé Ailton.

LINKS PATROCINADOS