Correio Braziliense tem os telefones cortados por atrasos no pagamento

Jornalista, empresário e político Assis Chateaubriand (1892 - 1968)

02/08/17 18:13

O império de comunicação deixado pelo jornalista Assis Chateaubriand sofreu mais um baque, nesta quarta-feira (2). O Diário dos Associados foi surpreendido com o corte nos telefones por falta de pagamento acumulado a mais de ano do principal veículo do grupo, o Correio Braziliense.

A falência dos associados está cada vez mais exposta. Alguns jornalistas ainda permanecem no Correio Braziliense e resistem à demissão, mesmo com salários atrasados e falta de condições de trabalho, devido à dificuldade de se comunicar com a redação do jornal e do site, que estão com telefones cortados.

 

Com informações do blog Mino Pedrosa

 

LINKS PATROCINADOS