sete dias sem medo da notícia
Contratações temporárias: especialista avalia cenário neste fim de ano
A taxa de efetivação desses empregados pode chegar a 40%, segundo a CNC
Por : Redação CN7
28/10/19 14:27

Foto: Reprodução

A taxa de contratação na alta estação deste fim de ano deve variar entre 20% e 40%. Os setores que mais vão gerar oportunidades, segundo representantes do mercado, são os de comércio e serviço. Na avaliação do especialista Marcos Sá, a desburocratização no processo de contratação de novos empregados temporários ou intermitentes é um dos fatores desse cenário.

“Todo final de ano, naturalmente existem essas possibilidades de novas contratações, tendo em vista às vendas de fim de ano e o 13º salário que aquece à economia. Este ano, em especial, haverá mais vagas ofertadas nessa modalidade, e com a expectativa de retomada da economia que esperamos em 2020, muitos desses postos poderão ser efetivados”, destaca Sá. “Um dos fatores que contribuem para alavancar a contratação temporária ou intermitente é a desburocratização do processo, por meio de medidas já aprovadas pelos órgãos competentes, bem como a Lei 13.874/2019”, acrescenta.

Somente no Natal, segundo a Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC), devem ser gerados 3,7 mil empregos temporários no comércio cearense. A taxa de efetivação desses empregados, ainda segundo a CNC, pode chegar a 40%.

LINKS PATROCINADOS