Hidrogenio verde e o combustivel do futuro
eusebio junino

Consórcio de Saúde reage ao pedido de saída de Juazeiro do Norte

Pedido de saída foi encaminhado a Procuradoria Jurídica para análise

(Foto: divulgação)

04/01/24 15:10

O Consórcio Público de Saúde da Microrregião de Juazeiro do Norte (CPSMJN) emitiu nota nesta quinta-feira (4) sobre o pedido de saída de Juazeiro do Norte do Consórcio, que era mantido com outros quatro municípios da região: Barbalha, Caririaçu, Jardim e Missão Velha. O pedido foi solicitado pelo prefeito da cidade, Glêdson Bezerra (Podemos).

Siga o canal do CN7 no WhatsApp

Na nota, o Consórcio Público de Saúde explicou que Juazeiro do Norte rateava com os demais municípios 60% dos valores a serem repassados ao Consórcio, cabendo precisamente ao município de Juazeiro o percentual de 36% do total do custeio, cujos valores no ano de 2023 foram os seguintes: R$ 241.774,59 mensais para a Policlínica; R$ 49.367,58 mensais ao CEO e R$ 9.235,65 mensais para o Transporte Sanitário.

Inscreva-se no canal do CN7 no Telegram

Ainda de acordo com CPSMJN, a saída de Juazeiro do Norte do Consórcio causará impactos negativos no atendimento à população do município. “Sua opção de retirar-se, o que causará, indiscutivelmente, indelével impacto no atendimento à população de Juazeiro do Norte, porquanto os pacientes deste município serão contrareferenciados, o que significa que serão devolvidos a respectiva rede municipal de assistência”, diz o Consórcio em um trecho da nota.

O pedido de saída foi encaminhado a Procuradoria Jurídica para análise e devidas providências necessárias.

Leia a nota completa:

LINKS PATROCINADOS