Conselho de Ética julgará senadoras que atrapalharam votação da Reforma Trabalhista

12/07/17 16:40

A sessão da Reforma Trabalhista foi atrapalhada por algumas senadoras ontem, como foi noticiado pelo Ceará News 7. Elas não permitiram que o presidente do Senado, Eunício Oliveira (PMDB-CE), se sentasse à mesa diretora para dar início aos trabalhos. Mesmo com esse papelão, a reforma foi aprovada por 50 votos a 26.

Nesta quarta (12), o Conselho de Ética do Senado autorizou que as senhoras sejam julgadas por ferir o decoro parlamentar.

Confia o despacho na íntegra

LINKS PATROCINADOS