sete dias sem medo da notícia
Conselheiro do TCM defende nomeações e não vê nepotismo em escolhas de Domingos
Por : Redação CN7
05/04/17 12:24

O conselheiro do Tribunal de Contas dos Municípios (TCM), David Matos, usou o Facebook, nesta quarta-feira (4), para defender o presidente do órgão, Domingos Filho, que foi alvo de uma matéria do jornal O Povo, no dia 1º. A reportagem diz  que o Domingos nomeou parentes de vereadores aliados para a Corte.

David Matos explica que o presidente fez as escolhas sem incorrer em nenhuma ilegalidade e pediu que o jornal fosse mais imparcial ao abordar temas relacionados ao TCM.

Leia a nota de David Matos na íntegra

Esclarecimentos importantes aos internautas:

O Jornal “o povo”, supostamente interessado em garantir aos cidadãos o direito à informação, noticiou que “Domingos Filho nomeia parentes de vereadores aliados para o TCM”. No entanto, omitiu o mais importante: o cargo é de provimento em comissão, criado por lei, há vários anos, pela Assembleia Legislativa do Ceará, antes mesmo do Dr. Domingos Filho chegar ao cargo de Conselheiro do TCM. Portanto, salvo juízo em contrário, não há qualquer ilegalidade na referida nomeação. E o que é mais grave: esse mesmo meio de comunicação, Jornal “o povo”, sabe quem é a senhora Aline Aguiar Albuquerque, sabe de quem ela é filha, sabe para qual órgão ela foi nomeada em 2008, sabe quanto ela recebe por mês, sabe também que compete ao TCE fiscalizar e julgar os atos de gestão do Presidente da Assembleia Legislativa, e, mesmo assim, faz vista grossa, negando à sociedade cearense o direito ao acesso à informação pública, desrespeitando, desta forma, o Código de Ética dos Jornalistas Brasileiros, publicado em sua edição do dia 07/02/2012. Encerro minhas palavras, pedindo a essa empresa de comunicação (Jornal “o povo”) que, numa demonstração de IMPARCIALIDADE, faça justiça, dando aos dois tribunais de contas cearenses (TCE e TCM) o mesmo tratamento, divulgando a seguinte matéria sugestiva: “TCE CEARENSE MANTÉM NOMEAÇÃO DE FILHA DO PRESIDENTE DA ASSEMBLEIA LEGISLATIVA”.

Respeitosamente,

DAVID MATOS, Conselheiro – Substituto (auditor) do TCM.

 

 

 

LINKS PATROCINADOS