Sete dias por semana sem medo da notícia!
Confronto de facções em favela na Praia do Futuro deixa dois jovens mortos
Comunidade dos Cocos virou palco da guerra por território entre as facções GDE e o CV
Os corpos foram encaminhados para a Sede da Pefoce após o tiroteio

Policiais da Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa, com o apoio das equipes do 9º DP (Vicente Pinzón) e do 8º BPM buscam os atiradores que, na madrugada de ontem (10) trocaram tiros com rivais de facções na Favela dos Cocos, na Praia do Futuro. No confronto, dois moradores da favela acabaram mortos. O clima no local continua tenso e os moradores temem novos tiroteios entre os criminosos.

Um dos mortos foi Identificado por Iago e o outro por Antônio.  Policiais militares e guardas municipais foram ao local do crime, mas não conseguiram identificar e localizar os criminosos. Segundo as autoridades, a favela virou um palco da guerra entre as facções criminosas Guardiões do Estado (GDE) e Comando Vermelho (CV).

Os tiroteios se intensificaram nos últimos dias  quando os bandidos do CV decidiram retomar o território que haviam perdido para a GDE no começo do ano. As escaramuças dos criminosos nos becos da comunidade acontecem, geralmente, durante a noite, quando diminui a intensidade do policiamento na área da Praia do Futuro.

Corpos

O intenso tiroteio deixou os moradores em pânico. Guardas municipais foram os primeiros a chegar no local e se depararam com os dois jovens já mortos. Um dos corpos estava estendido na Rua Edmundo Falcão, e o outro foi localizado em um beco nas proximidades.

Equipes do DHPP e da PM cercaram a favela, mas não localizaram os atiradores. Os corpos das vítimas foram encaminhados à sede da Perícia Forense do Ceará (Pefoce). O policiamento na área foi reforçado.

Publicidade
Mais Lidas
Leia Também