Sete dias por semana sem medo da notícia!
Com demissão do presidente dos Correios, governo já teve 17 “baixas” no 2º escalão
General Juarez Cunha deverá ser oficialmente exonerado na próxima segunda-feira (17)

Brasília – Com a demissão anunciada pelo presidente Jair Bolsonaro , em café da manhã com jornalistas, do presidente dos Correios, Juarez Aparecido de Paula Cunha , nesta sexta-feira (14), o governo já conta com 17 baixas no segundo escalão.

O número de demissões leva em conta os nomeados por Bolsonaro ou aqueles que tiveram aval do presidente na sua indicação no final do governo Temer. A maior quantidade de substituições (10) ocorreu no Ministério da Educação (MEC), que já teve também troca do titular.

De acordo com Bolsonaro, a exoneração de Cunha deve ser publicada nos próximos dias e se deve à recente ida do presidente da estatal à Câmara, a convite de partidos da oposição. Para o presidente, “ele se comportou como um sindicalista” na ocasião e posou para fotos com deputados do PT e do PSOL.

Publicidade
Mais Lidas