Hidrogenio verde e o combustivel do futuro
eusebio junino

Colombiano suspeito de participação no roubo de joalheria em Fortaleza é preso pela Interpol

O crime ocorreu em um shopping de Fortaleza, no dia 25 de junho de 2021

(Foto: reprodução)

05/03/24 17:27

A polícia colombiana prendeu, nesta terça-feira (5), um cidadão de sua própria nacionalidade procurado pelas autoridades policiais cearenses suspeito de participação no furto de uma joalheria ocorrido em um shopping de Fortaleza, no dia 25 de junho de 2021. Um outro suspeito de envolvimento no crime foi capturado no dia 26 de setembro daquele mesmo ano, no Paraguai.

Siga o canal do CN7 no WhatsApp

Na ação, o grupo criminoso – composto por três pessoas – utilizou aparelhos para a clonagem do controle remoto da porta de entrada da loja vizinha à joalheira e um bloqueador chamado “Jammer” para bloquear qualquer sinal no entorno. Desta forma, as pessoas que estavam nas imediações do local do crime não conseguiram falar ao celular, e sistemas de alarme foram comprometidos.

Devido a ferramentas avançadas e um “modus operandi” diferenciado utilizados pelos criminosos, a Interpol publicou uma “difusão roxa” para o grupo e enviou para todos os países participantes da organização policial internacional.

Inscreva-se no canal do CN7 no Telegram

A investigação, de alta complexidade, foi conduzida pela Delegacia de Roubos e Furtos da Polícia Civil do Estado do Ceará e contou com a colaboração da Polícia Federal (PF).

O trâmite da extradição do nacional colombiano será conduzido pelo Tribunal de Justiça do Estado do Ceará e pelo Departamento de Recuperação de Ativos e Cooperação Jurídica Internacional do Ministério da Justiça e Segurança Pública (DRCI/MJSP).

LINKS PATROCINADOS