sete dias sem medo da notícia
Martelo batido
Ciro recebe ultimato do PDT e tem até fevereiro para fazer candidatura decolar
Entre os motivos está o crescimento de Moro, que ultrapassou Ciro nas pesquisas
Ciro Gomes
Por : Redação CN7
09/12/21 18:22

Ciro Gomes pode não ser o candidato do PDT na corrida pela Presidência da República, nas eleições de 2022. Segundo informações do site O Antagonista, o ex-ministro recebeu um ultimato: se até o mês de fevereiro a candidatura não decolar, será rifado.

O presidente nacional do PDT, Carlos Lupi, afirma que a candidatura de Ciro Gomes ao Planalto é “irreversível”. Porém, aliados do ex-ministro pedem que o partido avalie uma possível aliança com o ex-presidente Lula (PT). O motivo é o crescimento de Sérgio Moro (Podemos), que deixou o pedetista para trás pesquisas e se tornou a principal opção da chamada “terceira via”.

Desespero

Em vídeo publicado nesta quinta-feira (9), Ciro Gomes ataca, ao mesmo tempo, Lula, Jair Bolsonaro (PL), Sérgio Moro e João Doria (PSDB). Todos adversários na corrida presidencial no pleito do próximo ano.

Leia mais: Ciro se desespera e bate ao mesmo tempo em Lula, Bolsonaro, Moro e Doria
Leia mais: Ciro desagrada PDT e deve chegar em 2022 sem ser candidato do partido ao Planalto

Leia Também
LINKS PATROCINADOS
Leia Também