X
Sete dias por semana sem medo da notícia!
Ciro Gomes não consegue chantagear PT e fica fora do palanque de Fernando Haddad
FG queria a Casa Civil, mais dois ministérios e 50% dos cargos. Não foi dessa vez
Ciro Gomes e a papada

O candidato derrotado à Presidência da República Ciro Gomes (PDT) até tentou faturar com o fiasco de sua campanha. Para apoiar Fernando Haddad (PT), quis ser ministro da Casa Civil, ter mais dois ministérios sob sua batuta e 50% dos cargos. Os petistas, que não são besta nem nada, não toparam.

Ciro, tratorado, anunciou “apoio crítico” a Haddad. Ou seja, não sobe no palanque, não pede voto, mas diz ser contra o fascismo e a favor da democracia.

Em tempo

Ciro quis ser Haddad, mas Haddad não quis ser Ciro.

Veja matéria d’O Globo

Publicidade
Mais Lidas
Leia Também