Sete dias por semana sem medo da notícia!
Ciro é desmoralizado após admitir que fuma maconha e ser chamado de vagabundo
"Eu gosto de fumar minha maconha", disse o FG ao O GLOBO
Ciro Gomes (PDT)

Ciro Gomes está sendo desmoralizado nas redes sociais após admitir ao O GLOBO que fuma maconha e ser chamado de viciado, vagabundo e maconheiro por Coronel Gondim, durante a terceira audiência de conciliação movida pelo FG contra ele.

O clima esquentou com o pedetista chamando o coronel de “vagabundo, homicida e torturador”, que respondeu: “Vagabundo é quem fuma maconha, como você Ciro”.

Realizada na última quarta-feira (20) e conduzida pela juíza Maria Lúcia Falcão Nascimento, a audiência aconteceu na 14ª Unidade do Juizado Especial Cível e Criminal.

Entenda

Ciro Gomes move uma ação na Justiça contra Francisco Marques Gondim por um apelo dramático, em agosto de 2016, à família do candidato derrotado ao Planalto pedindo a internação com urgência dele para tratamento da dependência de drogas. “Qualquer campanha de combate ao uso de drogas tem que mostrar a transformação de Ciro Gomes. Ciro foi um bom governador para a PM. Depois das drogas, tornou-se um inimigo da instituição. Logo estará imprestável para o exercício de qualquer atividade. Rogo a Deus que ilumine sua família para tratá-lo urgentemente. Ciro já não é mais a mente brilhante que eu conheci e tanto admirei”, escreveu o coronel nas redes sociais.

O FG já havia faltado a duas audiências marcadas.

Em tempo

A desmoralização de Ciro impressiona.

Veja vídeo

Publicidade
Mais Lidas
Leia Também