Hidrogenio verde e o combustivel do futuro
eusebio junino

Cinco suspeitos de envolvimento na morte do policial civil são presos no Piauí

Foram apreendidos um fuzil, pistola, dezenas de munições, drogas e dinheiro

(Foto: reprodução/Polícia Civil)

20/12/23 7:41

A Polícia Civil do Ceará prendeu cinco cearenses, nesta terça-feira (19), suspeitos de envolvimento na morte do policial civil que aconteceu em Granja, no Ceará. Eles compõem o mesmo grupo criminoso do qual o chefe é apontado como mandante do crime. As prisões foram realizadas em Parnaíba, no Piauí. Com os alvos, identificados após os desdobramentos de ações coordenadas na Região Norte, foram apreendidas armas de grosso calibre, munições, drogas e dinheiro.

Siga o canal do CN7 no WhatsApp


Após a morte do inspetor de polícia Glicelio Felix de Almeida, de 41 anos, as equipes policiais iniciaram as diligências com foco em identificar, localizar e prender os autores do crime. A vítima estava em uma praça, na cidade de Granja, quando foi atingida pelos disparos de arma de fogo, vindo a óbito no local. Nas primeiras horas da manhã da segunda-feira, equipes do Departamento de Polícia Judiciária do Interior Norte (DPJI-Norte), do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) e do Comando Tático Rural (Cotar) da Polícia Militar do Ceará apreenderam dois adolescentes, com ligação direta na morte do policial. Um homem, apontado como executor, também foi identificado e morreu após confronto com os policiais. No momento, a arma do policial civil foi encontrada.

Inscreva-se no canal do CN7 no Telegram


Em ação continuada, equipes do DPJI-Norte e do DHPP se deslocaram até a cidade de Parnaíba, no Piauí, onde identificaram e prenderam mais cinco suspeitos envolvidos indiretamente na morte do inspetor. Os alvos são do ceará, mas se encontravam em outro estado. Os homens fazem parte do mesmo grupo criminoso do qual os adolescentes e o mandante do crime, já identificado, pertencem. Com eles, foram apreendidos um fuzil, pistola, dezenas de munições, drogas e dinheiro. Os suspeitos receberam voz de prisão, sendo conduzidos para uma unidade policial da região. Na delegacia, os indivíduos foram autuados em flagrante pelo crime de porte e posse ilegal de arma de fogo, tráfico de drogas e associação criminosa.

LINKS PATROCINADOS