Hidrogenio verde e o combustivel do futuro
eusebio junino

Célio Studart nega ter usado dinheiro público para impulsionar selfies nas redes sociais

Nota foi publicada após denúncia da página "Núcleo Jornalismo"

(Foto: reprodução/Instagram)

25/04/24 16:09

O deputado federal Célio Studart (PSD) negou, por meio de nota, ter usado dinheiro público para impulsionar suas próprias selfies nas redes sociais. O parlamentar explicou, ainda, que estar na biblioteca de anúncios da Meta não quer dizer que ele pediu ou pedirá o ressarcimento dos valores à Câmara dos Deputados.

Siga o canal do CN7 no WhatsApp

“Nenhuma daquelas fotos foram em período onde houve pedido de ressarcimento da câmara por impulsionamento. Estar na biblioteca de anúncios da Meta não significa que o parlamentar pediu ou vai pedir o ressarcimento”, explicou o deputado, por meio da assessoria de comunicação.

Inscreva-se no canal do CN7 no Telegram

A nota foi publicada após uma denúncia da página “Núcleo Jornalismo”, que fez um levantamento onde aponta um suposto uso do dinheiro da cota parlamentar para impulsionar publicações de fotos sem camisa nas redes sociais. De acordo com a publicação, os posts seriam direcionados para mulheres brasilienses entre 18 e 24 anos de idade. A denúncia também foi divulgada pelo portal UOL.

LINKS PATROCINADOS