sete dias sem medo da notícia
CBF define critérios para adiamento das partidas de futebol
Flamengo pede adiamento da partida diante do Palmeiras, CBF recusa.
CBF é a entidade máxima do futebol brasileiro. (Foto: Laís Torres/CBF)
Por : Redação CN7
25/09/20 17:19

A Confederação Brasileira de Futebol (CBF) divulgou na última quinta-feira (24) os critérios adotados para determinar o adiamento, ou não, das partidas do Campeonato Brasileiro. De acordo com a entidade, o critério adotado para o adiamento dos jogos é o mesmo que está sendo utilizado em partidas da UEFA. Ou seja, um jogo só será adiado se um dos clubes envolvidos estiver com menos de 13 atletas em condição para atuar.

“A entidade compartilhou com os clubes que vem adotando premissas objetivas para análise dos pedidos de adiamento, levando em consideração: a quantidade de atletas inscritos pelos clubes, de atletas infectados, o número de jogadores disponíveis e o limite máximo de inscrições para cada competição, nos termos dos respectivos regulamentos. Em linha com a jurisprudência que vem sendo construída pelo Superior Tribunal de Justiça Desportiva do Futebol (STJD) sobre o tema, a CBF estabeleceu, com anuência da grande maioria dos clubes, o mínimo de 13 atletas não infectados para que a partida seja realizada.”, dizia o comunicado publicado no site da CBF.

Recentemente, o Flamengo viajou para o Equador, em partida válida pela Libertadores, e anunciou um surto de coronavírus entre atletas e comissão técnica. E, alegando falta de jogadores, pediu adiamento do jogo frente ao Palmeiras, marcado para o domingo (27). O pedido, porém, foi negado pela CBF. Insatisfeito, o rubro-negro entrou com recurso no Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD). O órgão, por sua vez, determinou um prazo de 24 para a entidade tomar uma decisão.

LEIA TAMBÉM