Carlos Windson reduz em 15% salário de profissionais no PSF e comunica a Audic Mota

Avelange Mota (camisa verde), Avelange Júnior (branco), Audic Mota, Carlos Windson (camisa vermelha) e Joel Campos

16/11/17 13:47

O prefeito de Tauá, Carlos Windson (PR), reduziu em 15% os salários de médicos, dentistas, enfermeiros, fisioterapeutas, assistentes sociais, psicólogos e educadores físicos que atuam no Núcleos de Apoio à Saúde da Família (NASF) e Programa Saúde da Família (PSF).

Na terça-feira, antes do feriado, Windson já havia comunicado ao deputado estadual Audic Mota (PMDB), seu padrinho político, que faria isso. Os profissionais da Saúde só souberam da apunhalada um dia depois, quarta-feira (15). E olha que o prefeito é médico.

As categorias atingidas pelos cortes nos salários se queixam que Carlos Windson tomou a medida sem nenhum aviso prévio.

Entenda

Se os prejudicados não sabiam de nada, Audic Mota, o secretario de Saúde de Tauá, Joel Campos, o vereador Avelange Júnior (PRP) e a liderança política da região Avelange Mota estavam a par um dia antes.

Confira a postagem de Audic Mota no Facebook no dia 14 de novembro

 

LINKS PATROCINADOS