sete dias sem medo da notícia
Brasília
Capitão Wagner se posiciona contra aprovação do ‘distritão’
Mudança elege o candidato mais votado, diferentemente do atual sistema proporcional
Por : Redação CN7
06/08/21 11:03

O líder do bloco PROS, PSC e PTB, deputado federal Capitão Wagner (PROS-CE), afirmou ser contra a adoção do chamado “distritão” como sistema para a eleição de deputados federais e estaduais nas eleições de 2022. Durante a reunião da comissão especial que analisa as mudanças nas regras eleitorais (PEC 125/11), Capitão Wagner afirmou que a adoção desse sistema eleitoral não contribui para o surgimento de novas lideranças.

Pelo distritão, elege-se o candidato mais votado, diferentemente do atual sistema proporcional, que também leva em consideração os votos dados aos partidos.

“Aprovar o distritão pode impossibilitar que novas lideranças surjam na esfera municipal, estadual e federal. Nosso posicionamento é de que essa discussão repentina, quando diversos outros temas estão sendo discutidos e são de interesse da população, como a reforma tributária, a própria reforma administrativa e a questão da pandemia, nos constrange. Nosso posicionamento é contrário a aprovação do distritão desta forma. É preciso mais debate”, explica Capitão Wagner.

LINKS PATROCINADOS