Hidrogenio verde e o combustivel do futuro
eusebio junino

Câmara Municipal de Sobral rejeita piso da enfermagem e revolta categoria

Vereadores da oposição fizeram tentativas, sem êxito, para aprovar

27/09/23 9:53

Na última sessão da Câmara Municipal de Sobral, foi votado um projeto de lei que envolve a alocação de recursos do governo federal para os profissionais da área da saúde, englobando enfermeiros, técnicos de enfermagem, auxiliares e parteiros. A Casa Legislativa negou a implementação do Piso Nacional da Enfermagem.

O relator da matéria, Roque Hudson (PDT), que também lidera o grupo do Prefeito, recusou a sugestão apresentada pelo sindicato dos profissionais da saúde, que propunha a implementação do piso salarial específico para a categoria em Sobral, e votou contra essa medida.

Os vereadores da oposição fizeram tentativas, sem êxito, para aprovar uma emenda que garantisse o pagamento do piso aos profissionais que desempenharam um papel crucial durante o auge da pandemia de covid-19.

Além do líder do Prefeito, vereador Roque Hudson, votaram contra a implementação do piso os vereadores Marlon Sobreira, Ajax Cardoso, Paulão, Enfermeira Alessandra, Aleandro Linhares, Raimundo Carneiro, Rogério Arruda, Cumpadre Bony, Igor Bezerra e Camilo Motos.

LINKS PATROCINADOS