Sete dias por semana sem medo da notícia!
Câmara de Juazeiro quer fim da concessão da Cagece e contratos assinados com Imegi
Os dois são alvos de críticas, com relatos de “abuso” no reajuste de 15,86%

A Câmara de Juazeiro do Norte disparou mais duas polêmicas na última sessão. Vereadores querem a extinção de contratos assinados com o Instituto Médico de Gestão Integrada (Imegi) e o fim da concessão da Companhia de Águas e Esgotos do Ceará (Cagece).

Os dois são alvos de críticas, com relatos de “abuso” no reajuste de 15,86% da Cagece e descaso na administração da Imegi na UPA do Limoeiro e no Hospital e Maternidade São Lucas, onde
veio a óbito uma jovem de 15 anos, após complicações no parto. Uma comissão será formada para se reunir com o prefeito Arnon Bezerra (PTB), mas os vereadores não descartam levar os casos ao Ministério Público do Estado.

Leia a reportagem completa na edição desta semana do Jornal do Cariri:

 

Publicidade
Mais Lidas
Leia Também