Hidrogenio verde e o combustivel do futuro
eusebio junino

Cagece anuncia que obras de usina de dessalinização irão começar em março de 2024

Anatel afirmou que a estrutura causará danos aos cabos submarinos

(Foto: Ilustração/Cagece)

20/12/23 10:51

Apesar dos pontos em desacordo com a Agência de Telecomunicações (Anatel), a Dessal do Ceará informou que a construção da usina de dessalinização na Praia do Futuro, em Fortaleza, irá começar em março de 2024. A Companhia de Água e Esgoto (Cagece), ressalta que o projeto precisa ser garantido no modelo e local definidos, enquanto a Anatel afirmou que a estrutura causará danos aos cabos submarinos.

Siga o canal do CN7 no WhatsApp

O projeto da Cacege em parceria com a Sociedade de Propriedade Específica SPE Águas de Fortaleza, afirma que cerca de 720 mil pessoas serão diretamente beneficiadas com o projeto que irá evitar uma situação de colapso no abastecimento de água na capital e Região Metropolitana ao produzir 1m³ (mil litros) por segundo.

Inscreva-se no canal do CN7 no Telegram

O último parecer da Anatel apontou que a construção da usina com o uso dos tubos e jatos de alta pressão podem danificar os cabos submarinos de telefônicas presentes na Praia do Futuro. Porém, o presidente da Cagece, Neuri Costa, afirmou, em entrevista ao portal CN7, que não há riscos para as empresas e a exigência feita sobre a distância de 500 metros está sendo respeitada. Além disso, acusou a agência de advogar ao invés de agir como reguladora.

O contrato de Parceria Público-Privada (PPP) tem duração de 30 anos com a empresa Águas de Fortaleza, terá um valor total de R$ 3,1 bilhões que serão aplicados em investimentos, operação e manutenção e fornecimento de água potável nos reservatórios do Mucuripe e Praça da Imprensa. Desse total, R$ 526 milhões serão investidos na construção da planta de dessalinização e instalação das tubulações.

LINKS PATROCINADOS