Hidrogenio verde e o combustivel do futuro
eusebio junino

CAC’s são presos por comércio ilegal de arma de fogo em Fortaleza e Caucaia

Os suspeitos, um homem de 40 anos e outro de 31, ambos registrados como CAC's

21/12/23 14:07

Dois homens, com registro de Colecionador, Atirador Desportivo e Caçador (CAC), foram presos, nesta terça-feira (19) em Fortaleza, após denúncia de um suposto furto realizado em novembro de 2022. Segundo a Polícia Civil, 16 armas de diferentes modelos e calibres foram levados da residência de um dos alvos, localizada no Parque Potira, em Caucaia. A investigação apontou que o crime teria acontecido em julho e o boletim de ocorrência (BO) registrado quatro meses depois.

Siga o canal do CN7 no WhatsApp

Dois mandados de prisão temporária e cinco de busca e apreensão foram cumpridos na capital e em Caucaia, na Região Metropolitana. Os alvos são suspeitos de comércio ilegal de arma de fogo. Durante o cumprimento das ordens judiciais, veículos de luxo, sendo dois carros e uma motocicleta, foram apreendidos. Além de computadores, notebooks e aparelhos celulares. Conforme as investigações, que teve apoio do Ministério Público do Estado do Ceará (MPCE) e do Exército Brasileiro, os suspeitos, um homem de 40 anos e outro de 31, ambos registrados como CAC’s, estariam comercializando ilegalmente as referidas armas para terceiros, utilizando documentação falsa para omitir os receptadores das armas.

Inscreva-se no canal do CN7 no Telegram

Os homens são investigados por associação criminosa, omissão de cautela e comércio ilegal de armas de fogo. Eles foram conduzidos para a unidade especializada e agora estão à disposição da Justiça. A Polícia Civil segue com as investigações com o foco de localizar o armamento ilegalmente comercializado, bem como identificar e prender outros envolvidos na ação criminosa.

LINKS PATROCINADOS