Hidrogenio verde e o combustivel do futuro
eusebio junino

Brasileiros acreditam que inteligência artificial agrava disseminação de fake news

Pesquisa inédita foi feita pela Ipso

24/12/23 9:39

Uma pesquisa inédita da Ipsos mostra que 51% dos brasileiros acreditam que a inteligência artificial deve agravar a disseminação de fake news entre a população. Os dados foram divulgados pela coluna de Lauro Jardim, do jornal O Globo, deste domingo (24).

O levantamento, realizado entre 21 de abril e 5 de maio com 21,8 mil entrevistados, coletou impressões da opinião pública sobre as novas ferramentas no Brasil e em outros 28 países.

Entre eles, os mais preocupados com a desinformação via I.A. são Canadá (64%), Nova Zelândia (63%) e França (61%). Os menos alarmados são Hungria (41%), Coreia do Sul (40%) e Japão (29%).

A pesquisa indica ainda que, por aqui, 74% das pessoas avaliam que esse tipo de tecnologia já contribui para a criação de imagens e histórias falsas, independentemente do que venha a acontecer no futuro.

Ainda assim, entre os brasileiros, segundo a Ipsos, 72% têm confiança de que são capazes de discernir uma notícia verdadeira de uma falsa — o índice está acima da média global, de 66%.

LINKS PATROCINADOS