sete dias sem medo da notícia
Sinistro
Brasil desconhece causa de mais de 16 mil mortes violentas registradas em 2019
Levantamento é do Atlas da Violência, divulgado nesta terça-feira
Por : Redação CN7
31/08/21 13:57

O Brasil não sabe a causa de mais de 16 mil mortes violentas registradas em 2019, diz o Atlas da Violência, divulgado nesta terça-feira (31). Os óbitos podem ter sido provocados por agressões, assassinatos, acidentes ou suicídios, mas entram nas estatísticas como indefinidos, o que, na prática, reduz o número de homicídios contabilizados nos registros do país.

Segundo o levantamento, os casos classificados como “morte violenta por causa indeterminada” subiram de 12.310 para 16.648 entre os anos de 2018 e 2019, o que representa um aumento de 35%. Por outro lado, os homicídios caíram 21% no mesmo período, de 57.956 para 45.503, o menor número de assassinatos no Brasil desde 1995, início da série histórica. No entanto, o problema nas notificações indica que o dado não representa a realidade.

A pesquisa anual reúne dados do Ministério da Saúde, principalmente do Sistema de Informações sobre Mortalidade (SIM), e foi realizada pelo Fórum Brasileiro de Segurança Pública (FBSP), pelo Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) e pelo Instituto Jones dos Santos Neves (IJSN), ligado ao governo do Espírito Santo.

LINKS PATROCINADOS