Sete dias por semana sem medo da notícia!
Bispo do Crato pode ser afastado a pedido de padres
Dom Gilberto

Irritados com a participação do bispo dom Gilberto Pastana de Oliveira em cerimônia maçônica, um grupo de padres pertencentes à Diocese do
Crato formulou denúncia ao Núncio Apostólico no Brasil, pedindo seu afastamento.

A participação do bispo cratense no evento maçônico repercutiu em todo o país. Setores da Igreja em outras regiões também já pedem seu afastamento. Ao tomar conhecimento da denúncia, o Núncio, que é o embaixador do Vaticano no Brasil, teria anunciado abertura de investigação.

Como resultado da apuração, a Nunciatura Apostólica, que tem sede em Brasília, pode decidir pela intervenção na Diocese ou o envio, em definitivo, de outro Bispo. Para os padres, a atitude de dom Gilberto desobedece às orientações do Vaticano, que não aprova a participação de católicos em eventos de Maçonaria.

Segundo um dos padres que assinaram a denúncia e prefere não se identificar, por medo de represália, a Nunciatura tem em mãos vasto material como vídeos e fotos, para pôr fim ao episcopado de Gilberto Pastana em Crato.

Leia a reportagem completa na edição desta semana do Jornal do Cariri:

Publicidade
Mais Lidas