Hidrogenio verde e o combustivel do futuro

Bispo de Crateús se pronuncia sobre ameaças de morte e revela motivação

Líder da Igreja no território epscicopal de Crateús, lamentou a situação

17/10/2023 15:17

O bispo da Diocese de Crateús, Dom Ailton Menegussi, se pronunciou na manhã desta terça-feira (17) sobre as notícias de que ele e outros quatro padres estariam sob ameaças de morte. Em uma nota compartilhada no perfil oficial da Dioce de Crateús o bispo revelou que as ameaças seriam oriundas de familiares de um jovem que perdeu a vida seis meses após deixar de frequentar a Diocese.

Segundo o relato de Dom Ailton, ele e os outros sacerdotes tem sido “injustamente responsabilizados” pela morte trágica de um jovem que esteve presente na Comunidade Vocacional de Crateús. A morte do jovem ocorreu em sua casa, seis meses depois de ter deixado a Comunidade.

De nossa parte, temos a consciência de termos feito tudo o que poderíamos fazer para oferecer ao jovem recursos para um processo de integração pessoal. Constatando que o mesmo não estava se sentindo bem no processo e que este caminho lhe era, no momento, mais exigente do que ele poderia responder, decidiu-se pelo desligamento do jovem da Comunidade Vocacional. Mesmo assim, a Diocese de Crateús ofereceu tudo o que foi possível (remédios, psicoterapia e despesas com deslocamento), para que o mesmo continuasse a ser assistido. Em nenhum momento lhe faltou isso“, diz a nota.

Ao final, Dom Ailton repudia o que classificou como “atitudes falaciosas, baseadas em suposições, advindas de quaisquer meios de comunicação“.

LINKS PATROCINADOS