Sete dias por semana sem medo da notícia!
Assessor de Rodrigo Maia testa positivo para coronavírus e Congresso pode fechar
Bolsonaro também é monitorado e resultado de teste para covid-19 sai na sexta-feira
Ouça a matéria

Nesta quinta-feira (12), foi confirmado o terceiro caso de coronavírus do Distrito Federal (DF). De acordo com a o Ministério da Saúde, o DF já contava com 91 casos suspeitos até a manhã desta quinta.

Além do novo paciente, assessor do presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia, a cidade já tem outros dois casos confirmados, um casal que retornou de uma viagem a Europa foi diagnosticado com a doença.

As fontes ouvidas pelo Jornal de Brasília informaram que o assessor esteve no evento “Todos Pela Educação”, que teve seu segundo dia cancelado porque a presidente da ONG, Priscila Cruz, está com suspeita de infecção do coronavírus.

Priscila era a anfitriã do evento, recebeu e cumprimentou boa parte dos participantes e todas as autoridades. Ela é o principal nome da educação na sociedade civil no Brasil. Priscila esteve na Noruega e na Alemanha recentemente. Começou a se sentir mal no fim da tarde de segunda-feira (9), com sintomas de gripe, e foi ao hospital.

Medidas

Na noite dessa quarta-feira (11), o governador Ibaneis Rocha decretou a suspensão de atividades que envolvessem aglomerações e as aulas por cinco dias, prorrogáveis por mais cinco.

Brasília é a cidade com mais casos suspeitos no Centro-Oeste brasileiro. Além do DF, Goiás (15), Mato Grosso do Sul (6) e Mato Grosso (1) já tem casos confirmados.

Em tempo

Com informações Jornal de Brasília

Publicidade
Mais Lidas
Leia Também