sete dias sem medo da notícia
Confessou
Armas apreendidas eram de Valdemir Feitosa e irmão apenas acompanhou a prisão
Entre as armas apreendidas estão fuzis e espingardas. Ele confessou ser atirador
Por : Redação CN7
22/05/21 12:26

A Polícia Civil do Estado do Ceará (PCCE) avançou nas investigações sobre a apreensão do arsenal de armas do empresário Valdemir Feitosa, que foram encontradas no apartamento do próprio empresário, localizado na Av. Beira-Mar, no Meireles, bairro nobre de Fortaleza.

As investigações constataram que todas as armas apreendidas, entre elas fuzis e espingardas, são de Valdemir Feitosa. O próprio empresário confessou ser atirador e dono do armamento. “Comprei todas, e são minhas, porque gosto de atirar. É legítimo”, admitiu. Dependente químico e atirador, o empresário chegou a ser preso em outras oportunidades, além de internado em clínicas, para tentar vencer a dependência.

O irmão de Valdemir, cuja identidade foi mantida sob sigilo, esteve presente e acompanhou a prisão do empresário a pedido de sua mãe. Entretanto, não tentou atrapalhar o trabalho policial, segundo confirmou a polícia.

O caso

O empresário Valdemir Feitosa foi preso pela Polícia Militar (PM) em uma boca de fumo Saporé, no bairro Papicu, em Fortaleza, na manhã dessa sexta-feira (21). Ele estava sob posse ilegal de uma arma de fogo. Ao ser levado até seu apartamento, descobriram a existência de um arsenal de armamentos que incluíam fuzis, pistolas, revólveres e espingardas, além de muita munição.

Leia mais: Esquadrão AntiBombas é acionado para apartamento de empresário em Fortaleza

LINKS PATROCINADOS