Sete dias por semana sem medo da notícia!
Além de mortes no trânsito, Ceará registrou sequência de homicídios no fim de semana
Na Capital, um homem atirou contra a esposa, acabou matando a filha, e suicidou-se
No bairro Antônio Bezerra, um homem se suicidou após matar a filha de 2 anos e balear a esposa. Os crime aconteceram dentro do carro da família

Além de cinco mortes em acidentes de trânsito, nove pessoas foram assassinadas no Ceará nas últimas 72 horas, período correspondente entre a última sexta-feira (4) e o domingo (6). Três dos crimes ocorreram nas ruas de Fortaleza, nos bairros Castelão, Novo Mondubim e Antônio Bezerra. Entre as oito vítimas da violência está uma criança de apenas 2 anos de vida, morta pelo próprio pai. O assassino suicidou-se logo depois.

O crime ocorreu na manhã do domingo (6), em plena Avenida Mister Hull, no bairro Antônio Bezerra (zona Oeste da Capital). O eletricista Francisco Servilho Alves Guimarães, 57 anos, sacou de um revólver de calibre 38, e atirou contra a esposa. A bala transfixou o corpo da mulher e atingiu a criança. As duas foram socorridas, mas a criança não resistiu. Logo depois,  Servilho se matou com um tiro no ouvido direito, conforme constatou a Perícia Forense. A família estava dentro do carro do eletricista quando ocorreu a tragédia.

Um jovem de 19 anos, identificado por Inácio Bezerra, foi morto, a tiros, na noite do domingo (6) na porta de casa, no bairro Novo Mondubim (zona Sul de Fortaleza). De acordo com a Polícia, os assassinos fugiram do local em uma motocicleta. O rapaz era usuário de drogas e pode ter sido morto em um “acerto de contas” do tráfico.

Na noite do domingo um crime de morte também foi registrado na Região Metropolitana de Fortaleza (RMF). Um jovem identificado apenas por Breno foi atingido por vários tiros e morreu na hora. O crime ocorreu em uma praça, na Rua 7 de Setembro, do Distrito de Capuã, no Município de Caucaia.

O corpo de um homem – ainda não identificado – com marcas de violência, foi encontrado por populares na tarde da última sexta-feira (4), debaixo de uma ponte na Avenida Deputado Paulino Rocha, no bairro Cajazeiras. A Polícia suspeita que o homem tenha sido morto durante a madrugada daquele dia e o cadáver ocultado pelos assassinos.

Assassinatos no interior

Um assaltante morreu numa troca de tiros com policiais do Comando de Rondas de Ações Intensivas e Ostensivas (CPRaio), na cidade de Icó (a 375Km de Fortaleza), na tarde do último sábado (5). Roberto Martins da Silva, 24 anos, foi perseguido pelos PMs após praticar uma série de assaltos na cidade, roubando celulares. Ele trocou tiros com os militares e foi baleado. Roberto morreu quando era transferido do Hospital Municipal de Icó para Juazeiro do Norte.

Em Juazeiro do Norte, no Sul do estado, no Cariri (a a 528Km de Fortaleza), um ex-presidiário identificado como Alexsandro Alves Martins,  46, foi morto, a tiros, na porta de casa, no bairro Padre Vieira, na noite do domingo (6).

Em Coreaú, na Região Norte do estado (a 275Km de Fortaleza), um homem identificado como Francisco Alberi, foi morto, a tiros por volta das 14h30 deste domingo (6).  O crime ocorreu na porta da casa da vítima. Há cinco meses, o pai dele também foi assassinado na mesma cidade.

O cadáver de um homem, não identificado, foi encontrado com marcas de violência, em um matagal na zona rural do Município de Aracoiaba, na região do Maciço de Baturité (a 73Km de Fortaleza) na manhã da última sexta-feira (4). O corpo do desconhecido assassinado provavelmente a pauladas e pedras,  foi removido para exames no Núcleo da Perícia Forense do Estado do Ceará (Pefoce), da cidade de Canindé.

Um homem foi morto, a tiros, durante um tiroteio ocorrido na madrugada de domingo (6), no Distrito de Assunção, na zona rural do Município de Solonópole, no Sertão Central (a 276Km de Fortaleza). A vítima chegou a ser socorrida ao hospital daquela cidade, mas não resistiu quando era transferida, em estado grave, para Fortaleza.

Publicidade
Mais Lidas
Leia Também