Sete dias por semana sem medo da notícia!
Acordo para evitar 2º turno da eleição do PT em Fortaleza precisa do aval de Liliane

A busca pela unidade do PT em Fortaleza foi uma meta perseguida no 1º turno pela chapa de Liliane Araújo. Em contato com o CN7, o grupo dos deputados Acrísio Sena e José Airton confirmou que só não haverá 2º turno se um acordo for firmado com a candidata.

“As eleições internas demonstraram que nenhuma força política detém a hegemonia do PT em Fortaleza. O anúncio de uma possível retirada da candidatura do Raimundinho em prol de um acordo com Guilherme não vincula o partido inteiro. O 2º turno só vai acontecer porque ninguém conseguiu maioria. Portanto, só não haverá 2º turno se Liliane abrir mão de concorrer”, esclarece a nota da chapa de Liliane.

Os apoiadores da candidata ainda esclarecem que “politicamente não é nossa intenção usar as eleições do partido para amarrar o partido em torno de um nome. Somos a favor da candidatura própria, mas o nome e a estratégia não se discute agora”.

Publicidade
Mais Lidas
Leia Também