sete dias sem medo da notícia
Sumiço
Cid não aparece em votação para concessão temporária de auxílio diesel a caminhoneiros autônomos
Cid Gomes não explicou o motivo da ausência na votação
Senador Cid Gomes. (Foto: Jefferson Rudy/Agência Senado)
Por : Redação CN7
30/06/22 19:56

O senador Cid Gomes (PDT) não esteve presente na votação para a concessão temporária do auxílio diesel a caminhoneiros autônomos. Os outros dois senadores cearenses, Tasso Jereissati (PSDB) e Eduardo Girão (Podemos), marcaram presença e votaram a favor do auxílio caminhoneiro e também do vale-gás para famílias brasileiras de baixa renda.

A Proposta de Emenda à Constituição (PEC) que estabelece um estado de emergência no país para viabilizar a criação de um voucher temporário de R$ 1 mil para caminhoneiros autônomos e um benefício para taxistas foi aprovada em primeiro turno por 72 votos a 1 e em segundo turno por 67 votos a 1. O texto também amplia o Auxílio Brasil e o Vale-gás até o final do ano.

O impacto da proposta nos cofres públicos pode chegar a R$ 41,2 bilhões.

Até o momento, o senador Cid Gomes não explicou o motivo da ausência na votação.

Confira a votação:

LINKS PATROCINADOS