sete dias sem medo da notícia
Rompe?
Aliança entre PT e PDT está “no limite”, diz vice-presidente nacional do partido
Guimarães se posiciona após tensão entre os partidos
José Guimarães
Por : Redação CN7
10/06/22 10:05

A briga entre o PT e PDT cearense está longe de ter um fim. Nesta quinta-feira (09), após novos ataques de Ciro Gomes (PDT) ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), o deputado José Guimarães (PT) declarou em entrevista ao jornal O Povo que a aliança entre os partidos está “no limite”.

O principal líder petista no Ceará participou de uma plenária do Partido dos Trabalhadores promovida por seu grupo político. “Não sei e nem quero saber. O que me espante é porque, se existe isso, foi com esses que nós ganhamos em 2006. Foi com esses que fomos parte do governo. Foi com esses que Ciro Gomes foi ministro do governo Lula “, declarou ao ser questionado sobre a declaração de Ciro à rádio Jangadeiro sobre o PT cearense ter um lado podre.

No evento ele também defendeu a candidatura da governadora Izolda Cela (PDT) à reeleição e exigiu respeito à posição dela. “Às vezes eu fico perguntando: como é que a Izolda está aguentando isso? Uns atrevimentos desses, de ficar falando… P****, deixa a mulher governar, caramba.” Para Guimarães o escolhido para pleito deve ser alguém que tenha compromisso e tenha sensibilidade política para compreender o momento atual.

Segundo o deputado, o limite do PT para a escolha do sucessor no Abolição é 2 e 3 de julho.

LINKS PATROCINADOS